Duração: 3 dias
CEUs: 2.1 CRP Creditos: 3
Pre-requisitos para o curso
Conhecimentos básicos necessários
  • Algebra
  • Cálculo elementar
  • Probabilidade e Estatística
Curso anterior recomendado
Alternativa de curso similar
Próximo curso recomendado
Software de Apoio
 
 
 

Computer Required for Course
Prepare your laptop for the seminar, and familiarize yourself with the software.

[Learn More]


Próximos Treinamentos:

October 2016
19 a 21 de outubro de 2016: Confiabilidade de Sistemas in São Paulo, Brasil

Para se inscrever utilize o formulário disponível para download no calendário de treinamento ou contate a ReliaSoft.

G522A - Confiabilidade de Sistemas

O treinamento G522A fornece conceitos e aplicações avançadas para Análise de Confiabilidade, Mantenabilidade e Disponibilidade de Sistemas e otimização, utilizando Diagrama de Bloco de Confiabilidade (RBD). O software BlockSim é utilizado neste treinamento. Os tópicos que serão abordados incluem, modelagem de sistemas,configurações simples e complexas, tais como carregamento compartilhado, redundância stand-by. Além disso, estratégias de manutenção e análise de sistemas reparáveis utilizando simulação de Monte Carlo.

O treinamento apresenta conceitos e práticas que podem ajudar sua organização a:

  • Identificar componentes críticos (ou modos de falha) e determinar a forma mais eficaz para melhorar a performance do sistema, por meio de projetos de melhoria e estratégias de manutenção.
  • Utilizar a análise por simulação para obter resultados de performance que poderão facilitar a tomada de decisão estratégica, tais como, programar os planos de manutenção, estoque de peças de reposição, identificar os gargalos de produção, e estimar o custos do ciclo de vida.

Veja os depoimentos de quem já participou desse treinamento: Clique aqui

Detalhes do Treinamento

Princípios e Teorias

Introdução e Visão Geral

  • Definindo um sistema
  • Visualizando um sistema como uma coleção de componentes e modos de falha

Construção de RDBs elementares e suas quantificações analíticas

  • Utilizando RBDs para representar o modelo de Confiabilidade de um sistema
  • Configurações série
  • Configurações paralela simples
  • Configurações K de n (K-out-of-n)
  • Configurações Complexas
    • Teorema do Método de Bayes
    • Configurações complexas para modos de falha, redes e sistemas mecânicos

Introdução a dependência do tempo

  • Introdução a dependência do tempo
  • Inclusão de componentes “usados” na modelagem
  • Métricas para Confiabilidade de sistemas:
    • Obtendo a pdf de um sistema
    • Derivando as funções de interesse: função taxa de falha, MTTF do sistema, etc.

Construções avançadas e suas quantificações analíticas

  • Modelando um bloco dependente:
    • Combinando distribuições de falha com relações de vida-estressamento (carregamentos) para descrever efeitos dependentes
    • Configurações “load sharing” Básicos
    • Configurações K de n (K-out-of-n) em “load sharing
  • Modelando redundâncias “standby”:
    • Distribuições de falha de itens em “operação” e itens “em repouso”
    • Definições “Standby” "Hot," "Warm" e "Cold
    • Comutações: perfeitas ou imperfeitas, com ou sem “delays”, e sua probabilidade de falha em repouso
    • Configurações K de n em “standby” (K-out-of-n-plus-M)
  • Construções RBD adicionais:
    • Nós
    • Containers
    • Blocos Encapsulados (blocos sub-diagrama)
    • Blocos Múltiplos
    • Blocos Espelho

Identificando Oportunidades

  • Identificando a importância dos componentes, subsistemas ( e modos de falha) e seu impacto na confiabilidade do sistema global

Alocações Otimizadas da Confiabilidade

  • Funções de Custo/Exequibilidade
  • Determinando a Confiabilidade em componentes para se alcançar a Confiabilidade meta para o sistema
  • Especificando a Confiabilidade de componentes para se alcançar a Confiabilidade meta para o sistema

Introdução à Simulações


Introdução à Análise de Sistemas Reparáveis: Fundamentos de Mantenabilidade e Disponibilidade

  • Distribuições e métricas para reparo e tempos indisponíveis
  • Introdução à teoria da renovação
  • Introdução à mantenabilidade
  • Reparos imperfeitos (fator de restauração)
  • Definições de Disponibilidade:
    • Disponibilidade Instantânea (Pontual)
    • Disponibilidade Média
    • Disponibilidade de Estado Constante
    • Disponibilidade Inerente
    • Disponibilidade Alcançada
    • Disponibilidade Operacional

Introdução aos Princípios da Manutenção Preventiva (MP)

  • Quando a “manutenção preventiva” faz sentido?
  • O dilema da "Taxa de Falha Constante" e "Políticas de Manutenção Preventiva"
  • Quantificando estratégias de ações preventivas vs. corretivas
  • Determinando intervalos ótimos para MP
  • Modelando o efeito das ações de MP

Simulações Avançadas: Utilizando Políticas de Estoques e de Recursos

  • Adicionando equipes nas análises
    • Elementos probabilísticos
    • Custo das equipes
    • Analisando e quantificando os recursos e gargalos das equipes
  • Adicionando estoques de reposição nas análises
    • Elementos probabilísticos
    • Gerenciamento e custos do estoque de peças de reposição
    • Analisando e quantificando os recursos e gargalos dos estoques de reposição
    • Provisionamento padrão, “on-condition” e de emergência para estoque de reposição associados a custos e atrasos logísticos probabilísticos. 
  • Utilizando políticas para intervenções “Corretivas," "Preventivas" e "Inspeção"
    • Ações Corretivas, "Imediata” ou "Durante a Inspeção" (oculta/não oculta)
    • Inspeções baseadas na idade do sistema, componente e motivada por outro evento (por exemplo, devido à falha de outro componente similar localizado em outra parte do sistema)
    • Ações de MP baseadas na idade do sistema, componente e motivada por outro evento (por exemplo, devido à falha de outro componente similar localizado em outra parte do sistema)

Analisando e melhorando a Disponibilidade de Sistemas

  • Analisando métricas comuns (MTBF, MTBDE, MTBE, AX, etc) e gráficos
  • Novas métricas adicionais para identificar oportunidades de melhoria em sistemas reparáveis:
    • RS-FCI (Índice ReliaSoft de Criticidade da Falha)
    • RS-DECI (Índice ReliaSoft de Criticidade do Evento de Parada)
  • Relatórios FRED

Análises de Capacidade Produtiva “Throughput

  • Métricas e terminologias para Capacidades Produtivas “Throughput
    • Sistemas “throughput
    • Componentes “throughput
  • Identificação de gargalos
  • Processando Reserva (Backlog)

Incluindo custos nas análises, introdução à análise de “Life Cycle Cost

  • Determinação dos custos probabilísticos associados com a operação do sistema
  • Exemplo de análises financeiras

Introdução a Teoria de Diagrama de Fases

 

Exercícios Práticos

Software BlockSim

  • Introdução e familiarização com o BlockSim
  • Criando modelos no BlockSim para aplicar todos os conceitos acima

Guia de Treinamento - Exemplos

  • Individualmente o participante fará exercícios com o guia passo a passo para completar as análises.

Estudos de Caso em Grupo

  • Por meio de estudos de casos baseados em situações práticas e reais, o participante irá sedimentar os conceitos vistos durante o curso.